tracking

Como limpar uma serra circular com WD-40®?

A manutenção da serra circular requer uma limpeza completa após a finalização de cada trabalho, bem como a lubrificação das suas partes móveis. Esta máquina tem uma estrutura de suporte de carga no interior, na qual é instalado um motor elétrico que aciona a lâmina do disco em rotação rápida. A estrutura pode ser constituída por uma bancada sem pernas de apoio e pode, portanto, ser fixa a uma bancada ou com pernas de apoio integradas que tornam a máquina totalmente independente.

O acionamento da lâmina é geralmente “direto” na ligação ao motor, mas algumas serras têm roldanas e um cinto de rotação. A lâmina que sai do plano superior pode ser ajustada em altura movendo uma alavanca, mas também pode ser inclinada, geralmente até 45 graus, para cortes de bisel. Por outro lado, uma tampa de proteção por cima da lâmina impede a pessoa de se aproximar da parte superior, oferecendo maior segurança. O plano superior tem um guia paralelo à lâmina, que permite fazer cortes perfeitamente retos. O interruptor de arranque é inserido no corpo da máquina.

Passo 1: LIMPEZA

No final de qualquer trabalho, deverá ser sempre efetuada a limpeza da máquina de forma a remover qualquer pó e/ou lascas produzidas enquanto a serra circular estava a ser utilizada. Em primeiro lugar, usa uma escova para remover as partes maiores e, em seguida, um aspirador com boa potência e um bocal estreito para caber em espaços mais pequenos. Podes também utilizar uma pistola de ar comprimido, contudo deverás ter cuidado uma vez que esta operação pode fazer com que o resíduo se espalhe ainda mais nos mecanismos da serra.

Algumas serras circulares podem ser ligadas a um aspirador que remove o pó durante o corte. Assim, o depósito de recolha (ou saco) também deve ser esvaziado. Dependendo da frequência de utilização, a serra deve ser aberta periodicamente (geralmente virando-a de cabeça para baixo e removendo a grelha de base) para aspirar o interior. Também deverás remover os revestimentos da lâmina para aceder ao corpo da mesma e realizar a limpeza necessária.

Limpeza da serra circular com WD40

Passo 2: LUBRIFICAÇÃO EXTERNA DA SERRA CIRCULAR

Existem várias partes móveis numa serra circular que devem ser devidamente lubrificadas após a remoção de todas as lascas e poeiras. Para efetuar esta lubrificação aconselhamos a utilização de WD-40 Specialist Lubrificante Seco PTFE.

Utiliza este produto para lubrificar as ranhuras deslizantes das guias laterais, presentes acima ou no lado da superfície de trabalho e do sistema de rodas ou alavancas, que te permite levantar ou baixar a lâmina em relação à mesa. O mecanismo de deslizamento do carrinho de serra lateral (se presente) também deve ser lubrificado. Contudo, presta especial atenção à limpeza e posterior lubrificação do sistema de inclinação da lâmina (normalmente operado com uma alavanca). Posteriormente, lubrifica os orifícios deslizantes de quaisquer superfícies extensíveis.

Lubrificação externa da serra circular com WD-40

Passo 3: LUBRIFICAÇÃO INTERNA

Se a estrutura da serra permitir, acede ao seu interior para realizar uma lubrificação útil após teres removido completamente quaisquer lascas ou pó. Primeiro, trata o mecanismo de elevação da lâmina, que normalmente tem parafusos de rosca. Esta é uma parte muito delicada que deve ser limpa e lubrificada com muito cuidado. Lubrifica o sistema de acionamento de movimento que roda o eixo da lâmina com WD-40 Multiusos Dupla Ação.

Lubrificação interna da serra circular com WD-40

Passo 4: CUNHA DA LÂMINA

Retira a lâmina rodando a porca de bloqueio, para lubrificar o eixo e remover quaisquer sinais de madeira queimada ou resina do corpo da lâmina, utilizando o WD-40 Specialist Lubrificante Seco PTFE e um pano seco. Em seguida, verifica os dentes da lâmina um a um para certificar que nenhum está partido. Se os dentes da lâmina estiverem danificados, a mesma deve ser substituída. Assim, verifica imediatamente a cunha do separador de corte atrás da lâmina para certificar-te que está perpendicular à superfície de trabalho e no mesmo plano que a lâmina.

Ao montar a lâmina, utiliza um goniómetro digital para verificar se o ângulo em relação à superfície de trabalho é exatamente o indicado pela escala graduada, situada abaixo da bancada. As melhores serras circulares têm um mecanismo micrométrico com o qual esta inclinação pode ser ajustada.

Cunha da lâmina - WD-40

Cuida das tuas ferramentas para um melhor desempenho

A manutenção regular das ferramentas irá permitir que estejam sempre em ótimo estado e que funcionem sempre nas melhores condições.

Se ficaste interessado em comprar os produtos WD-40, sabe onde os podes encontrar.

Registe-se para receber notícias e ofertas exclusivas!

© 2020 WD-40 Company